realização:

inspiração:

financiadores:

Este site foi produzido com o apoio financeiro da União Europeia.

O conteúdo deste site é da exclusiva responsabilidade da Ensaios e Diálogos Associação e não

pode, em circunstância alguma, ser considerada como refletindo a posição da União Europeia.

Plástico à vista © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Introdução sobre actividades 2019

Actualizar textos existentes

ESTAÇÃO ITINERANTE

DE TRANSFORMAÇÃO 

DE PLÁSTICO

13 Meses

Durante 13 meses estaremos com o projeto Plástico à Vista em ação na margem sul de Lisboa, a circular pela zona costeira das Freguesias de Trafaria e Costa da Caparica, em Almada. Neste período, o projeto pretende funcionar como experiência piloto, promovendo um plano de atividades flexível, que se transforma para aumentar o seu impacto, desde as primeiras sessões na escola, seguindo para as ações de itinerância.

7 Instituições

Com o objetivo de dar a conhecer a diferentes extratos da sociedade sobre o problema do plástico no mundo, reunimos no projeto Plástico à Vista 7 instituições locais, promovendo o trabalho em rede e fortalecendo o impacto do projeto no território. Fazem parte deste grupo a Câmara Municipal de Almada, pela Divisão de Educação e Sensibilização Ambiental; o Agrupamento de Escolas da Caparica; o Agrupamento de Escolas da Trafaria; a Santa Casa de Misericórdia de Almada, pelo Centro Social da Trafaria e o projeto Sai e Age CLDS 3G; a Biblioteca do Vapor, a Associação de Pescadores Ála Ála e Associação de Moradores do 2o Torrão. Estas são as instituições que recebem as ações do PAV e a itinerância da PAVan, o projeto conta ainda com a colaborações e apoio de inúmeras outras entidades.

5 Escolas

Nós acreditamos que o despertar para o consumo consciente e as questões do ambiente deve ser estimulado desde a primeira infância. Assim sendo, as crianças irão crescer com um entendimento de co-responsabilização pelo planeta em que vivem e a forma de consumir o plástico de modo ativo e crítico. No primeiro ano do projeto iremos trabalhar com as escolas: EB 1/JI no1 Centenária da Costa da Caparica; EB 1/JI no1 Centenária da Trafaria; EB1/JI nº 2 Cremilde Castro e Norvinda Silva - Quinta da Corvina; EB 1/JI no3 Vila da Trafaria; Pré-escolar Centro Social da Trafaria / SCMA.

1 exposição

Ampliando as apões de sensibilização ambiental do PAV, abrimos ao público durante 1 mês a exposição Lixo Marinho - Um problema global, realizada pelo nosso parceiro Associação Portuguesa do Lixo Marinho - APLM (https://www.aplixomarinho.org), no âmbito do projeto Marlisco (http://www.marlisco.eu) . Esta exposição tem como principal objetivo sensibilizar o público para o problema do lixo marinho e pretende promover a reflexão para as diversas questões relacionadas com o tema, como: O que é o lixo marinho? Qual o seu impacto nos ecossistemas?

Há uma solução? O que posso eu fazer?

39 Sessões de jogos e brincadeiras

A partir do desenvolvimento do Kit lúdico pedagógico do PAV, criámos um conjunto de jogos e brincadeiras intergeracionais para a sensibilização para o problema do plástico como lixo marinho, os ODSs, questões sobre as alterações climáticas, o ecossistema costeiro, entre outros.

Os beneficiários aprendem sobre o problema do consumo do plástico e sua ligação direta com as alterações climáticas, enquanto participam num programa de atividades como agentes ativos. O foco é consciencializar e sensibilizar de forma divertida e participativa.  As sessões vão desde jogos tradicionais adaptados ao tema até exibição de filmes ou dinâmicas de grupos, para alunos ou corpo docente.

15 Palestras

Planejamos criar diferentes formas de partilha da informação e conhecimento sobre o problema do plástico como lixo marinho. No período entre Janeiro e Setembro iremos realizar diversas palestras com especialistas no tema ambiental, promovendo importantes questões, como: - Panorama global da questão das alterações climáticas, abordando a Agenda 2030 e os ODSs; - Introdução ao problema do plástico no planeta; - Introdução ao ecossistema costeiro local e problema do plástico como lixo marinho em nível local; - O microplástico; - Idéias alternativas e criativas ao uso do plástico na vida do dia-a-dia / consumo consciente no mundo.

As palestras acontecem em sala de aula ou na rua, numa espécie de anfiteatro aberto, que instalamos em praça pública, na certeza de que todos possam participar.

8 paragens [PAVan]

Para chegar a todo lado e a toda gente, o projeto Plástico à Vista criou a A PAVan - “Mini estação de transformação de resíduos plásticos Itinerante”, que vai circular pelo território entre a Trafaria e a Costa da Caparica com um um conjunto de atividades. Utilizando formas DIY (Do it Yourself) em que os participantes entram em contato com todo o processo de reciclagem do plástico, acompanhado de um programa de atividades voltado ao tema da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, com especial enfoque ao ODS 12 “Produção e Consumo Sustentáveis”, pretendemos promover um profundo entendimento do problema e demostrar que parte da solução está ao nosso alcance, e que cada um de nós pode ser agente ativo na reciclagem e reutilização desse material. Antes da chegada da PAVan, a equipa de mediação do PAV trabalha com público local, na preparação da chegada da carrinha.

FICHA TÉCNICA:

Coordenação: Dolores Papa • Mediação e atividades: Adriana Magalhães

• Produção: Mafalda Rodrigues • Apoio: Joana Paula e Telma Rodrigues

PAVan: Artistas convidados (projeto/execução) Patrick Hubmann e Mariella

Gentille • Colaboradores: Allan Sousa, Andrew Webb, Bruno Caracol, 

Catarina Santos, Daniela Matos, Desiree Luciano, Eleonora Causin, Elisabete 

Luna, Jayne Dyer, João Gama, Juan Brunetti, Julien Fargetton, Maria Morais, 

Mariana Costa, Mário Mendão, Marta Trindade, Patricia Silva, Regina 

Morais, Teresa Gonçalves, Vanda Silva • Receptivo residências artísticas: 

Saskia Selwood • Cenografia: Amália Buisson • Design Gráfico: Sofia Costa 

Pinto e Susana Antão • Making Off: Duna Films •  Comunicação Digital: Isabel 

Penedo • Fotos: George, Luciana Serra • Drone: P. Felício • Assessoria 

contábil: Gabinete Duarte & Bruno • Costureiras: Libânia Anjos, Orlanda 

Pisco • Máquinas Precious Plastic: Escola Superior de Educação-IPL / Fab 

Lab Benfica - Execução: André Rocha, Nuno Monge e Ana Ferreira

• Exposição Lixo Marinho: APLM, FCT/Nova - Orientação:

Flavia Silva  • Material de referência: Projeto Marlisco [www. marlisco.eu].  

Realização:

EDA | Ensaios e Diálogos Associação

PARCEIROS:

APLM / FCT

ESELX / IPL / FabLab Benfica

Precious Plastic 

Junta de Freguesia da Costa da Caparica 

Câmara Municipal de Almada

colaboradores:

Agrupamento de escolas da Caparica

Agrupamento de escolas da Trafaria

Associação de Moradores do 2o Torrão

Associação de Pais da Escola EB1/JI Costa da Caparica 

Associação de Pescadores Ala Ala

Biblioteca do Vapor

BeeCircular

IPS - Instituto Politécnico de Setúbal

Scalare

Bugio à Vista

CCA - Caparica Sun Centre - Arribatejo

Projeto Sai e Age - CLDS 3G

Santa Casa de Misericórdia de Almada 

Varina 

Requalificação máquinas/PAVan - DUBA Systems